19 de maio de 2018

FERRAMENTAS DIGITAIS FAVORECEM O APRENDIZADO DE CONCEITOS GEOGRÁFICOS

Nas últimas décadas, muitas coisas mudaram no jeito de aprender. Muitas informações estão disponíveis à alguns toques no celular. Crianças e jovens o utilizam, muitas vezes, com mais desenvoltura que os adultos. 

Pensar em utilizar este recurso em prol da prática pedagógica é um grande desafio. No entanto, muitos professores têm se esforçado para incorporar à sua prática docente ferramentas digitais que possam enriquecer e facilitar o entendimento dos conteúdos curriculares por parte dos alunos. 

É o que o grupo de professores de Geografia da 12ª Gerência de Educação vem procurando concretizar através da sua participação no curso: O ENSINO DA GEOGRAFIA DIANTE DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO.

O curso totalmente à distância é oferecido pelo Núcleo de Tecnologias Educacionais da Unidade de Atendimento de Taió (vinculada à Gerência de Educação e Rio do Sul). Totalmente gratuito, o curso visa levar o professor a conhecer novas formas de desenvolver seu planejamento, baseado numa metodologia mais moderna, que leve em conta os conteúdos digitais, mas que também possibilite a criação de conteúdos e o compartilhamento dos mesmos. 

No segundo módulo do curso: "O olhar do professor para o seu próprio cotidiano", os professores foram desafiados a fazer uso das imagens para a compreensão de sua própria realidade. O resultado de uma das atividades, você pode conferir no vídeo através do link abaixo: 




16 de maio de 2018

CURSO DE LÍNGUA PORTUGUESA APRESENTA DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE ENSINO UTILIZANDO AS TECNOLOGIAS DIGITAIS

Escrito por: Vânia Fuchter Petris

“O uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação no Ensino de Língua Portuguesa” é o curso de formação continuada ofertado pela Unidade de Atendimento de Taió, através do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE). O curso apresenta novas estratégias de ensino da Língua Portuguesa e visa enriquecer as práticas pedagógicas dos professores.

Em cada módulo são apresentados textos para estudo, o Fórum de Interação com discussão de assuntos pertinentes ao tema do curso e as atividades propostas apresentam alguma ferramenta digital que poderá ser utilizada com os alunos nas aulas de Língua Portuguesa. No Módulo 2, intitulado “Multiletramentos na esfera artístico-literária e o contexto digital” foi proposto a produção de uma História em Quadrinhos, através do site https://www.pixton.com/br/ . O recurso possibilita a criação de HQ online sendo possível escolher local, personagens e diferentes tipos de balões.
A História em Quadrinhos a seguir  foi produzida pelo cursista Diego Toledo de Oliveira (disponível também no link https://Pixton.com/hq:96ct7kfn)






Seguem os links das HQs produzidas por outros cursistas:
Catiane Michele Krejci Milano - https://Pixton.com/hq:q4z0hi4w
Marilize Pereira Régis Da Silva - https://Pixton.com/hq:gqpzkj69
Samira Caroline Borge - https://Pixton.com/hq:1c33l09d
Tatiane Da Silva Medices Schussler - https://Pixton.com/hq:05ia0gwg


15 de maio de 2018

CURSISTAS DO PNAIC UTILIZAM FERRAMENTAS DO GOOGLE PARA EDUCAÇÃO EM SUA CAPACITAÇÃO


Uma parceria entre a Coordenação Regional  do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), Nadir Ângelo da Silva, e o Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) de Taió, possibilitou que o grupo de cursistas formado por professores da rede estadual das séries iniciais de Pouso Redondo e Taió utilizassem ferramentas do Google para Educação na sua capacitação.

O curso do PNAIC deste ano ocorre desde março e encerra dia 30 de maio. O encontro do dia 14 de maio (segunda-feira), aconteceu nas dependências da EEB Prof Anair Margarida Voltolini, no município de Pouso Redondo.

Através de atividades direcionadas ao PNAIC, os cursistas puderam conhecer ferramentas de produção de texto colaborativo, arquivos compartilhados e armazenamento em nuvem. Além destes, utilizaram o aplicativo Google Sala de Aula, que permite o cadastro de turmas, num ambiente que permite ao professor postar tarefas, deixar recados, inserir vídeos, postar links de sites educativos e deixar arquivados todos os trabalhos postados pelos alunos.

Para a Multiplicadora do NTE Vânia Fuchter Petris, utilizar as ferramentas Google para Educação permite ao professor estender ao aluno, atividades e conteúdos de forma mais dinâmica e contemporânea. Além disso, através do compartilhamento, os alunos podem produzir juntos apresentações, textos ou vídeos, mesmo que cada um em sua casa, de forma simultânea. 

A Coordenadora Regional, Nadir Ângelo da Silva, afirmou que parcerias como estas são imprescindíveis para que os docentes consigam incluir dentro de sua prática pedagógica as ferramentas digitais, que hoje, já estão presentes na rotina das crianças e adolescentes. “O mundo virtual fascina aos alunos. Por que não utilizá-lo em prol da melhoria da qualidade da educação?”

Outra parceria importante neste processo, é o da própria escola. A EEB Prof Anair Margarida Voltolini disponibilizou o ambiente do laboratório de informática com acesso à internet, para que as cursistas pudessem realizar as atividades da formação.

“As Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs), estão mudando as formas de aprender e produzir conhecimento. Neste contexto, o professor precisa estar preparado para desenvolver uma nova metodologia, capaz de envolver o aluno no processo de aprendizagem, e criando a cultura do protagonismo do conhecimento”, afirma a docente do PNAIC Neide Dalmolin.

Formação PNAIC/GOOGLE PARA EDUCAÇÃO - 2018
Foto: Nain Niquelatte
Para visualizar as demais fotos do grupo, acesso o link abaixo:





18 de abril de 2018

ETAPA REGIONAL DO V CNIJMA NA UNIDADE DE ATENDIMENTO DE TAIÓ (GERED RIO DO SUL)


O auditório da UNIDAVI (Campus Taió) recebeu nesta quarta-feira, dia 18 de abril, os participantes da V Conferência Nacional Infantojuvenil Pelo Meio Ambiente, o CNIJMA, na sua Etapa Regional.

O programa vem sendo desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com o Ministério do Meio Ambiente e abrange as redes estaduais e municipais de todo o país, públicas ou privadas.

Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos e coordenados pelos docentes e gestores das unidades escolares, passaram pela primeira etapa nas próprias escolas. Passaram por uma seleção bem democrática, uma vez que os próprios colegas votaram para escolher o projeto mais interessante e relevante.

A Etapa Regional da Unidade de Atendimento de Taió (Gered de Rio do Sul) teve a participação de 16 unidades escolares, sendo 1 projeto por escola. Os alunos tiveram a tarefa de propor soluções criativas para o problema da escassez e contaminação das águas, uma vez que o tema era “Vamos cuidar do Brasil cuidando das águas”. Os próprios alunos escolheram seus representantes, os quais foram intitulados de Delegados. Os Delegados receberam duas funções na etapa regional: a de apresentar o projeto em, no máximo, quatro minutos e o de votar nos projetos que assistiram e consideraram mais relevantes.

Além de alunos, professores e gestores, a Conferência também recebeu autoridades e representantes de entidades públicas e privadas que, num sistema de parceria, contribuíram para que o evento pudesse acontecer. Entre eles estavam Daniel Schmitt, Gerente Regional da Epagri, Indiara Gonçalves, Gerente da Unidavi (Campus Taió), Tiago Maestri, vereador do município de Taió, Ivonete Weber, Diretora do Cetrag, Lucas Fach, representante da Rádio Educadora de Taió.

A proposta do programa é que o processo da escolha dos projetos seja feita pelos próprios alunos. Por isso, os mesmos, mais uma vez, fizeram a votação. De maneira bastante transparente, o voto foi aberto. Cada delegado teve direito à 2 votos, sendo que todos puderam visualizar sua escolha.

Adicionar legenda. Foto: Vânia Fuchter Petris.


Para o coordenador do CNIJMA, Moacir de Melo, o programa desenvolve valores importantes. O mais óbvio, é trabalhar o tema da água em si, tão imprescindível em nossos tempos. Outro, não tão nítido, é o compromisso do voto, da escolha mais acertada, uma vez que todos estão avaliando sua escolha por ser um voto aberto.

Os projetos vencedores foram: “Óleo, um grande vilão das águas”, da EEB Dr. Fernando Ferreira de Mello, do município de Rio do Campo e “Água: preserve-a na sua essência”, da EEB Bruno Heidrich, município de Mirim Doce.

Equipes vencedoras da Etapa Regional CNIJMA



Confiram nos links abaixo os temas dos projetos desenvolvidos por cada escola e as fotos do evento:

Temas e escolas:

Fotos do evento:



12 de abril de 2018

UNIDADE DE ATENDIMENTO DE TAIÓ (GERED DE RIO DO SUL), TEM ESCOLA CONTEMPLADA PELO PROGRAMA EDUCAÇÃO DO CAMPO


Aconteceu nos dias 10, 11 e 12 de abril, a formação continuada para professores e gestores do Ensino Médio da Educação do Campo na Metodologia da Pedagogia da Alternância na EEB João Kuchler, do município de Santa Terezinha. 

O Programa Nacional de Educação no Campo (Pronacampo) faz parte de um conjunto de políticas públicas voltadas à melhoria da oferta e da qualidade da educação no campo, implementadas pelo Governo Federal em parceria com a Secretaria da Educação de Santa Catarina (SED).

O programa tem como objetivo apoiar de forma técnica e financeira os Estados, Distritos Federais e Municipais para a “implementação de políticas de educação do campo, visando à ampliação do acesso e a qualificação da oferta da educação básica e superior, por meio de ações para a melhoria da infraestrutura das redes públicas de ensino, formação inicial e continuada de professores, a produção e disponibilização de material específico aos estudantes do campo...” (Disponível em: http://pronacampo.mec.gov.br/10-destaque/2-o-pronacampo Acesso em 14/02/2018).

A Escola de Educação Básica João Kuchler, município de Santa Terezinha,  pertencente à Unidade de Atendimento de Taió (Gerência de Educação de Rio do Sul) foi contemplada com a implantação do programa. A primeira etapa da Escola do Campo aconteceu através da realização da formação para professores e gestores.

O currículo diferenciado do programa totaliza 4.032 horas. Além das áreas de conhecimentos comuns ao ensino regular, o programa inclui a área de Ciências Agrárias e suas Tecnologias. Esta área abrange estudos sobre Administração e Economia Rural, Agricultura, Projeto de Vida, Criação e Produção Animal e Sistema de Produção.

Além das diferenças do currículo, os alunos têm um calendário flexível. Eles cumprem parte da carga horária na escola, e outra parte em casa, na propriedade na família ou na comunidade. Isso significa que podem alternar dias com aula na escola, e dias de atividades práticas nas suas comunidades. É a chamada Metodologia da Alternância, que observa as peculiaridades da realidade local para a elaboração do seu calendário escolar.

Para que este modelo de educação possa ser implementado no município, a Prefeitura também entrou com uma parceria no projeto. Adequou as linhas de transporte escolar com horários diferenciados, que atendam as demandas dos horários do novo calendário. Também passou a oferecer uma complementação na alimentação destes alunos, para os mesmos possam almoçar na escola nos dias em que têm aula durante o dia todo. Segundo a prefeita Valquíria Schwarz, "o poder executivo do município de Santa Terezinha assumiu um compromisso com este projeto, pois os investimentos irão trazer benefícios sociais e econômicos à médio e a longo prazo". 

O Coordenador Regional do Programa na Unidade de Atendimento de Taió, Moacir de Melo, salientou a importância deste programa para a comunidade na qual a escola está inserida. “Promover a melhoria da oferta e da qualidade da educação para os alunos do campo, irá refletir também na melhoria dos indicadores econômicos e sociais. Irá permitir que os jovens vejam possibilidade de continuarem suas atividades no campo, sem abrir mão de boas condições de vida.”

A formação de professores desta semana, com carga horária de 20 horas, foi coordenada pela Diretoria de Gestão da Rede Estadual, através da Gerência de Gestão de Modalidades, Programas e Projetos Educacionais (SED).

A diretora da escola Josani Kuchler, enfatizou que a formação dos professores é fundamental para que o programa tenha êxito. “Os professores terão que adequar o seu planejamento e adequar a metodologia de ensino para um novo formato de currículo e de calendário escolar. É de suma importância que a escola tenha este suporte.”


Foto Moacir de Melo




9 de abril de 2018

ATIVIDADES DIVERSIFICADAS MARCAM O DIA DA FAMÍLIA NA ESCOLA NA UNIDADE DE ATENDIMENTO DE TAIÓ (12ªGERED - RIO DO SUL)

https://photos.app.goo.gl/GxRErwdry65ohJrt2
Quando o assunto é educação e desempenho dos alunos na escola, há um consenso entre os profissionais da educação, desde professores até estudiosos da área, de que o envolvimento dos pais é determinante. Quanto maior o envolvimento dos pais, maiores são as chances de o filho ir bem na escola e conseguir cursar e terminar o Ensino Superior.

Sabendo disso, a Secretaria da Educação de Santa Catarina – SED, oficializou desde 2017, o Dia na Família na Escola, já previsto no Calendário Escolar das unidades escolares.

“A proposta da criação do Dia da Família na Escola, que chega ao seu terceiro ano, surgiu da Campanha Pais pela Educação, lançada pelo Movimento SC pela Educação em 2014. Um dos estímulos é uma pesquisa do Instituto Ayrton Senna, em parceria com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo a qual os estudantes que recebem apoio e atenção dos pais na sua vida escolar estão, em média, quatro meses à frente no aprendizado em comparação com os que não recebem essa atenção. O objetivo da iniciativa é estimular a participação dos pais na vida escolar dos filhos” (Edinéia Rauta – abril 2018).

Seguindo esta proposta, as escolas da Unidade de Atendimento de Taió, vinculada à 12ª Gerência de Educação de Rio do Sul, promoveram neste último sábado, dia 07/04, diversas atividades voltadas para pais e alunos da Rede Estadual de Educação.


Divulgação do evento na EEB Luiz Bertoli


Cada escola definiu sua própria programação, respeitando as particularidades das suas respectivas comunidades. Dentre as principais ações foram realizadas palestras, brincadeiras, cortes de cabelo gratuitos, passeios ciclísticos, serviços de saúde, entre vários outras. Os gestores e sua equipe escolar articularam suas atividades em parceria com diversas instituições públicas e privadas.

Confira abaixo a programação e as imagens das escolas da Unidade de Atendimento de Taió clicando no link abaixo:


EEF ADELE HEIDRICH (TAIÓ)

EEB LETÍCIA POSSAMAI (DISTRITO DE ATERRADO TORTO – POUSO REDONDO) 

EEB LUIZ BERTOLI (TAIÓ)

EEB LEOPOLDO JACOBSEN (TAIÓ) e CEJA (TAIÓ)
https://photos.app.goo.gl/tgM8V2Bq6TGj2Clq2

EEB PROFESSORA ANAIR MARGARIDA VOLTOLINI (POUSO REDONDO)

EEF DR. MAESTRO HEITOR VILLA LOBOS (RIO DO CAMPO)

EEF HERCÍLIO ANDERLE (DISTRITO DE PASSO MANSO, TAIÓ)


“Se o mundo é uma escola , a família é uma sala de aula...aonde aprendemos a amar.” Fernando Arruda.



Matéria: Adriani Erkmann

As imagens da matéria foram enviadas pelas escolas. 

6 de abril de 2018

ÚLTIMA SEMANA PARA SE INSCREVER NOS CURSOS DE GEOGRAFIA E LÍNGUA PORTUGUESA

A Gerência de Educação de Rio do Sul/Unidade de Atendimento de Taió, através do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) de Taió,  está disponibilizando curso de formação continuada para professores da rede estadual e municipal de ensino, assim como para professores da rede privada e graduandos das áreas de Geografia e Língua Portuguesa.

Os cursos possuem carga horária de 60 horas na modalidade à distância. Eles não possuem custos serão certificados pela Secretaria da Educação de Santa Catarina (SED).

Os interessados devem fazer o cadastro na Plataforma E-Proinfo e se inscrever.
Confira abaixo maiores detalhes sobre os cursos oferecidos através do edital, no link logo abaixo do material de divulgação. 



5 de abril de 2018

PNAIC EM ANDAMENTO NA UNIDADE DE ATENDIMENTO DE TAIÓ (GERED RIO DO SUL)


O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) está em andamento nas escolas da Unidade de Atendimento de Taió (Gerência de Educação de Rio do Sul). As reuniões para formação dos professores acontecem desde 19/03 e vão até 28/05 deste ano.

Muitos são os estudos que mostram que o número de analfabetos no Brasil é tão grande quanto seu tamanho em território: certa de 13 milhões em 2013, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística). Além destes, segundo dados da Prova ABC – Brasil de 2011, 53% dos estudantes atingiram o conhecimento esperado em escrita e 56,1% em leitura para o 3º ano do Ensino Fundamental.

Para melhorar este quadro, o Ministério da Educação lançou desde 2012 o PNAIC. Consiste em um programa nacional que conta com a participação da União, estados, municípios e instituições de todo o país. Seu principal objetivo é garantir que todas as crianças com até 8 anos de idade tenham direito à alfabetização plena. Isto significa que as crianças até o 3º ano do Ensino Fundamental saibam ler, escrever e realizar as operações matemáticas fundamentais.

Neste esforço nacional, professores da rede estadual e municipal de ensino da Unidade de Atendimento (UA) de Taió, vinculada à Gerência de Educação de Rio do Sul (SC), se unem e promovem estudos e troca de experiências. Coordenadas pela servidora Nadir Ângelo da Silva da UA de Taió, elas estão divididas em dois grupos com suas respectivas formadoras.

Os municípios de Rio do Campo e Santa Terezinha alternam os encontros do grupo dos professores que atuam na EEB Pe João Kominek, EEF Dr Waldomiro Colautti, EEF Maestro Heitor Villa Lobos, EEB Dr Fernando Ferreira de Mello, EEF Hercílio Anderle e a EEF Roberto Heinzen. Este grupo tem como formadora a professora Deize Méri Stopa.

Já os municípios de Taió e Pouso Redondo recebem os professores da EEB Prof Anair Margarida Voltolini, EEB Pref Arno Siewerdt, EEB Letícia Possamai, EEB Guilherme André Dalri, EEB Leopoldo Jacobsen, EEB Luiz Bertoli e EEF Adele Heidrich. Este grupo recebe o acompanhamento da formadora Neide Dalmolin.

O Supervisor de Gestão Escolar, Adriano Stolf, ressalta a importância de investir recursos e esforços na capacitação dos profissionais que atuarão como os estudantes nas primeiras séries do Ensino Fundamental. “A base da formação é o aspecto mais importante da vida do estudante. Crianças que tiverem problemas no ensino nesta fase, provavelmente terão  problemas no desempenho no restante de sua vida escolar.”

A Coordenadora Regional do PNAIC, Nadir Ângelo da Silva, fala do objetivo do programa: “Contribuir na formação dos professores alfabetizadores para planejar e realizar ações pedagógicas visando o progresso da aprendizagem de cada criança. Este é a tarefa que assumimos e queremos alcançar.”

O encerramento do PNAIC 2018 será realizado no dia 28 de maio na cidade de Taió, com o Seminário de socialização das práticas realizadas durante a formação.

Encontro PNAIC Taió - Foto Nadir Ângelo da Silva
 
Encontro PNAIC em Santa
Terezinha - Foto Adriani Erkmann

"Quando alimentamos mais a nossa coragem do que  nossos medos.. passamos a derrubar muros e construir pontes."
Lígia Guerra


Matéria: Adriani Erkmann





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...